Os valores do novo contrato de Bruno Fernandes com o Sporting

Os valores do novo contrato de Bruno Fernandes com o Sporting

Bruno Fernandes e Sporting oficializaram esta terça-feira um novo contrato

O Sporting oficializou esta terça-feira um novo contrato com Bruno Fernandes, médio e capitão da equipa principal dos leões. Na prática, o jogador continua a estar ligado aos leões até 2023 e mantém a cláusula de rescisão de 100 milhões, mas agora beneficia de um aumento salarial. O novo salário garante dois milhões de euros/limpos por ano a Bruno Fernandes.

"Para mim é um orgulho e é o reconhecimento do meu trabalho, é sinal que estou a fazer as coisas bem. Tenho tentado ao máximo fazer aquilo que é o melhor para o clube", afirmou o jogador, citado pelo site dos leões.

"É um motivo de orgulho estar dentro dos 50 melhores da última época. É gratificante, até porque sabemos o difícil que é, sobretudo por jogar no campeonato português que tem menor visibilidade. É um orgulho e uma honra estar entre os melhores, estar associado a grandes jogadores e estar perto do Cristiano Ronaldo e Bernardo Silva", disse o capitão sobre a presença na lista de 50 jogadores nomeados para o onze do ano de 2019 da UEFA.

O presidente leonino, Frederico Varandas, já tinha anunciado, no arranque da época, a intenção de aumentar o salário do médio, que em 2018/19 assinou 32 golos em 56 jogos, melhor registo entre médios no futebol europeu, tornando-se alvo do interesse de vários emblemas.

O internacional português (19 jogos, dois golos) cumpre a terceira época pelos 'verde e brancos', tendo assinado até à data nove golos em 17 encontros, depois de na primeira temporada ter marcado 16 em 56 partidas.

Pelo meio, Fernandes rescindiu contrato com o clube, antes do arranque da época 2018/19, na sequência do ataque à academia de Alcochete, ao lado de oito outros jogadores do clube, mas acabou por regressar, convencido pelo então presidente da comissão de gestão do clube Sousa Cintra.

Pelo Sporting conquistou, até ao momento, uma Taça de Portugal e duas taças da Liga, tendo sido eleito, na temporada transata, o melhor jogador da I Liga, a segunda vez que recebeu esta distinção, conquistando ainda, no verão, a Liga das Nações pela seleção portuguesa.