"O guarda-redes do União tirou três golos feitos"

"O guarda-redes do União tirou três golos feitos"

Jorge Jesus, treinador do Sporting, não viu nada de errado na qualidade da exibição dos leões frente ao União da Madeira.

Um remate e derrota: "Ninguém reage bem quando perde, seja contra o União, seja contra qualquer que seja o adversário. Isto é futebol. O União marcou no único remate que fez. Aliás, nem rematou, foi um cabeceamento. A história deste jogo resume-se a uma equipa que esteve sempre atrás, fazendo o que lhe competia. Nunca deixámos o União criar problemas à nossa defesa, mas no único cruzamento que fez marcou. O guarda-redes do União, está lá para isso, tirou três golos feitos".

Surpreendido: "O Sporting tentou ganhar. Umas vezes não conseguiu por mérito do adversário. O empate já não era bom para nós, perante o que estava a acontecer no campo, perdendo ainda é pior. Não estávamos à espera de sair daqui sem pontuar."

Sem críticas: "Como treinador que posso dizer aos meus jogadores? Não posso criticar, quiseram ganhar, criaram muitas oportunidades. Diz-se que é futebol. Não acontece sempre isto. Este é o único jogo coletivo em que podes estar 95 minutos em cima da baliza adversária e perder no único lance de ataque do adversário. Nadaa apontar aos jogadores, nada a apontar à arbitragem".