Direitos televisivos vão render 515 milhões

Direitos televisivos vão render 515 milhões

NOS e Sporting já comunicaram oficialmente, ao princípio da tarde desta terça-feira, à CMVM o acordo estabelecido entre as duas entidades para os direitos televisivos, no montante global de 515 milhões de euros.

O Sporting e a NOS estabeleceram hoje um contrato, válido por dez épocas, referente aos diretos televisivos e não só, no valor de 515 milhões de euros.

Eis, na íntegra, o comunicado emitido pelo clube de Alvalade:

"A Sporting Clube de Portugal, Futebol SAD informa, nos termos do art. 248.º, n.º 1 do Código de Valores Mobiliários, que chegou hoje aos seguintes acordos:

1) com NOS Lusomundo Audiovisuais, S.A. um contrato para a cessão dos seguintes direitos:

(i) direito de transmissão televisiva e multimédia dos jogos em casa da Equipa A de Futebol Sénior da Sporting SAD e direito de exploração da publicidade estática e virtual do estádio José Alvalade pelo período de 10 épocas desportivas com início em 1 de Julho de 2018;

(ii) direito de transmissão e distribuição do Canal Sporting TV, pelo período de 12 Épocas desportivas, com início em 1 de Julho de 2017;

(iii) direito a ser o seu principal patrocinador, pelo período de 12 épocas e meia, com início a 1 de Janeiro de 2016.

2) com a PPTV - Publicidade de Portugal e televisão, S.A. um aditamento ao contrato atual pelo qual foram revistos os valores a pagar pelos direitos de transmissão televisiva e multimédia dos jogos em casa da equipa A de futebol sénior da Sporting SAD e direito de exploração da publicidade estática e virtual do estádio José Alvalade para as épocas 2015-2016, 2016-2017 e 2017-2018.

As contrapartidas financeiras globais resultantes do valor dos contratos, incluindo as épocas 2015-2016, 2016- 2017 e 2017-2018, o referido no ponto 1 e o aditamento referido no ponto 2 ascendem ao montante de euro 515.000.000."