"Não seria inteligente colocar o Nani em campo"

"Não seria inteligente colocar o Nani em campo"

Ricardo Dionísio, preparador físico do Sporting, foi o porta-voz da equipa técnica após o triunfo (4-1) sobre o Stade-Lausanne.

Balanço do estágio na Suíça: "Foi trabalho árduo nestes oito dias, muitos treinos e quatro jogos. Gostávamos de ter tido jogos com dificuldade crescente, não foi possível. De qualquer forma mostrámos qualidade. Deu para avaliar os jogadores em contexto mais carregado, devido ao trabalho extra de alguns. Só foi pena o nível competitivo, queríamos um verdadeiro teste para finalizar o estágio para percebermos o que temos pela frente".

Bases do grupo: "Deu para criar um grupo sólido. Grupo teve vontade de apanhar rapidamente as ideias do treinador, entrar nas dinâmicas do seu modelo de jogo. Todos se disponibilizaram para trabalhar arduamente".

Decisões sobre o plantel: "Nos próximos dias vamos tomar decisões".

Sobre a possibilidade de voltar a contar com Bas Dost: "Jogadores com o potencial e a qualidade do Bas Dost fazem sempre falta a qualquer equipa. Trabalhamos com os que temos e deram excelentes respostas. Estamos de braços abertos. Se vier, ficaremos claramente muito contentes".

Sobre Nani e Carlos Mané: "Nani chegou muito bem, com disponibilidade. Mas com poucos dias não seria inteligente colocar o Nani em campo. Carlos Mané vem de uma paragem muito grande, não queremos colocá-lo em situações de risco. É um processo controlado e equilibrado".