Ainda não jogou esta época pelo Sporting e dá uma pista sobre o futuro

Ainda não jogou esta época pelo Sporting e dá uma pista sobre o futuro

Médio do Sporting participou no programa "Expediente Futebol", da FOX Sports Brasil, e teceu rasgados elogios a Jorge Jesus, mostrando-se grato ao técnico por o ter convencido a rumar a Alvalade.

Ao lado do pai Bebeto, Mattheus Oliveira participou no programa "Expediente Futebol", da FOX Sports Brasil, e revelou que o regresso ao Brasil está no horizonte. "Eu penso em voltar para o futebol brasileiro. O campeonato tem crescido bastante, as equipas têm-se reforçado bem e joga-se um futebol bonito. Tenho um contrato longo com o Sporting e estou adaptado, mas no futebol nunca podemos dizer nunca. Não sei se vai ser agora ou mais para a frente, mas tenho vontade de voltar para o futebol brasileiro", afirmou o médio que, esta época, não somou qualquer minuto pelos leões.

Respondendo a perguntas de jornalistas e comentadores do canal, entre os quais Edmundo "Animal", Mattheus garantiu não ter ficado surpreendido com o impacto de Jorge Jesus no futebol brasileiro e mostrou-se grato ao "míster" por ter feito um forcing pela sua contratação quando jogava no Estoril. "Sou um pouco suspeito para falar do míster. Foi ele que pediu ao Sporting para me contratar ao Estoril. É um treinador de nível mundial. Sabia que, mais para a frente, ia estar no top 3 mundial, porque ele entende muito bem o jogo. Na parte tática e defensiva fantástica vi poucos como ele. Tem feito um trabalho fantástico no Flamengo, que tem jogado num nível altíssimo", salientou.

NÃO SAIA DE CASA, LEIA O JOGO NO E-PAPER. CUIDE DE SI, CUIDE DE TODOS

Assegurando sentir-se confortável a jogar na posição 8, o médio também fez um resumo daquilo que tem sido a sua aventura em Portugal. "Gosto muito do país. Portugal é muito bom para viver. Tenho tido uma carreira muito legal. Vim para o Estoril, fiz duas temporadas de bom nível antes e assinei com o Sporting por cinco anos. Na temporada passada estive emprestado ao V. Guimarães e fiz um dos melhores anos da minha carreira a jogar mais recuado, na posição 8. Conseguimos classificarmo-nos para a Liga Europa e acabei por voltar ao Sporting. Tenho mais dois anos de contrato e gosto muito de estar aqui. O campeonato tem crescido na qualidade técnica e há grandes jogadores portugueses nos maiores campeonatos. Espero que coisas ainda melhores possam vir daqui para a frente", rematou.