Leonardo Jardim, a chegada ao Sporting e o papel do mercado na saída

Leonardo Jardim, a chegada ao Sporting e o papel do mercado na saída

Atual treinador do Al-Hilal, em entrevista ao Expresso, falou sobre o emblema leonino.

Em entrevista ao Expresso, Leonardo Jardim (atual treinador do Al-Hilal) revelou que deixou o Sporting em 2014 ao ver que o clube não ia investir como desejava.

"Depois de sermos vice-campeões, de qualificar a equipa para a Champions, não podíamos voltar ao recrutamento que tínhamos feito. Não aconteceu, e também foi por causa disso que saí para o Mónaco", afirmou o antigo treinador do emblema leonino.

Já quanto à chegada ao Sporting, Jardim garantiu que "não foi por salários":

"Fui para o Sporting porque queria mesmo treinar o Sporting, não foi por salários. Não havia sequer dinheiro para contratações, os nossos reforços foram o Slimani, que vinha da Argélia, e o Montero, que fomos buscar aos Estados Unidos. Tivemos de ir a estes mercados para reforçar a equipa, porque não havia recursos. Essa equipa foi fácil de trabalhar, porque tinha muita ambição, miúdos novos que queriam ganhar, jogar, muitos nunca tinham tido a oportunidade de serem titulares, e foi um ano engraçado, desportivamente correu bem e em termos de trabalho criámos uma excelente dinâmica."