Sporting: Detidos vão começar a ser ouvidos no tribunal do Barreiro

Sporting: Detidos vão começar a ser ouvidos no tribunal do Barreiro

O processo chegou ao Tribunal pelo que os 23 detidos vão começar a ser ouvidos

Os 23 detidos por suspeitas de terem invadido a Academia do Sporting, em Alcochete, e agredido futebolistas e equipa técnica, já estão a ser ouvidos no Tribunal do Barreiro, depois de ter chegado o respetivo processo.

O anúncio foi feito pelo juiz de instrução criminal, que confirmou que já podia dar início à inquirição depois de ter chegado àquela comarca o processo completo, no qual consta a audição a 38 testemunhas e a elaboração dos respetivos autos.

Os 23 detidos, que pernoitaram nas instalações de diversos postos da GNR e PSP na região de Setúbal, começaram a chegar ao Tribunal do Barreiro cerca das 13h00.

Na terça-feira, cerca de 50 pessoas, de cara tapada, alegadamente adeptos 'leoninos', invadiram a Academia de Alcochete e, depois de terem percorrido os relvados, chegaram ao balneário da equipa principal, agredindo vários jogadores, entre os quais Bas Dost, Acuña, Rui Patrício, William Carvalho, Battaglia e Misic e outros membros da equipa técnica.

A equipa principal do Sporting cumpria o primeiro treino da semana, depois da derrota no terreno do Marítimo (2-1), que relegou a equipa para o terceiro lugar da I Liga, iniciando a preparação para a final da Taça de Portugal.