Sporting confirma buscas e dois colaboradores constituídos arguidos

Sporting confirma buscas e dois colaboradores constituídos arguidos

Leões emitiram um comunicado acerca das buscas desta quarta-feira.

O Sporting confirmou esta quarta-feira a existência de buscas na SAD do clube por parte da Polícia Judiciária, confirmando também que dois colaboradores foram constituídos arguidos no âmbito do processo Cashball.

Os quatro detidos, identificados como sendo Paulo Silva, João Gonçalves, Gonçalo Rodrigues e André Geraldes, diretor desportivo do futebol do Sporting, serão presentes ao juiz de instrução para aplicação de medidas de coação.

O inquérito da operação Cashball é dirigido pelo Departamento de Investigação e Ação Penal do Porto. Sob investigação está o alegado esquema de corrupção no campeonato de andebol da passada temporada, mas também alguns jogos de futebol alegadamente viciados pelo Sporting.

Leia o comunicado do Sporting:

"O Sporting Clube de Portugal confirma que foram realizadas, no dia de hoje, buscas nas instalações do Clube, no âmbito de uma investigação que se encontra em segredo de justiça.

O Sporting Clube de Portugal confirma ainda que dois colaboradores foram constituídos arguidos.

O Sporting Clube de Portugal confia na justiça e, como sempre defendeu, prestou e prestará toda a colaboração necessária ao apuramento da verdade."