SAD anuncia emissão obrigacionista até 30 milhões e explica ao pormenor

SAD anuncia emissão obrigacionista até 30 milhões e explica ao pormenor
Bruno Fernandes

Tópicos

Operação tem como objetivo financiar o reembolso de outra emissão, cuja dívida vence no próximo dia 26. Dirige-se aos investidores de retalho, leia-se, clientes particulares, e pode ser duplicada para os 60 milhões caso a sociedade assim o entenda.

A Sporting SAD anunciou esta sexta-feira o lançamento de uma emissão de obrigações até 30 milhões de euros, operação que servirá para financiar o reembolso de uma outra emissão, cuja dívida vence no próximo dia 26. Segundo o prospeto publicado na CMVM (Comissão do Mercado de Valores Mobiliários), a empresa vai pagar uma taxa de juro de 5,25%. Dirige-se aos investidores de retalho, leia-se, clientes particulares.

O mesmo documento revela ainda que a subscrição das obrigações terá início a 12 de novembro e um ponto final a 22. Explica-se, depois, que caso a oferta não seja subscrita na totalidade, a sociedade tem fundos suficientes para o reembolso: 15 milhões obtidos via atividade da SAD e os restantes 15 através da banca.

Refira-se, por fim, que o valor inicial da oferta pode ser duplicado (para os 60 milhões de euros) até 16 de novembro, caso a empresa assim o decida. Anuncia-se, também, que a operação inicial apenas será concretizada caso sejam garantidos, no mínimo, 15 milhões de euros.