"Pressão? Mais complicado mas para quem está atrás"

"Pressão? Mais complicado mas para quem está atrás"

Jorge Jesus não se sente pressionado na defesa da liderança, depois do empate sem golos em Guimarães.

Empate aumenta pressão para o dérbi? "Fica mais complicado para quem vai atrás e não para quem vai à frente. Temos mais um ponto do que o Benfica e vamos jogar em Alvalade e defender o primeiro lugar para continuar na liderança."

Dificuldades: "Jogo muito intenso e apertado. A minha equipa criou oportunidade necessárias para ganhar, mas isso não conta no final. Não marcámos e temos, também, de dar o mérito ao guarda-redes do Vitória. Na primeira parte, as oportunidades foram nossas, o Vitória só teve uma e de uma bola de lançamento lateral e passou a maior parte a defender. Demonstrámos uma força muito grande, capacidade defensiva e física - o Sporting passa os 90 minutos a correr. Nos últimos 15 minutos, tivemos chances para marcar e fizemos tudo para não empatar. Foi um jogo muito competitivo, é muito difícil ganhar em Guimarães - acho que foi o jogo em que uma das minhas equipas mais perto esteve de ganhar, e não ganhou."

Adrien fez falta? "Ele é importante para a manobra da equipa, mas não foi por aí. Fomos penalizados com tantas oportunidades que não concretizámos, e isso torna tudo mais difícil."