Patrício passa a trintão com salvas globais

Patrício passa a trintão com salvas globais
Duarte Tornesi

Tópicos

Campeão europeu celebra hoje o seu 30.º aniversário a seis mil quilómetros de casa. O reconhecimento de trinta guardiões do presente e do passado fica patente nos parabéns dados via O JOGO.

Patrício vive esta quinta-feira uma data marcante: o indiscutível número 1 do Sporting e de Portugal deixa a pujança dos vinte e entra na certeza dos trinta. Bem diferente do rapaz tímido de Marrazes que agarrou com unhas e dentes a baliza dos leões em tenra idade, Patrício é, hoje, um dos melhores guarda-redes do mundo, além de um dedicado (e babado) pai de família.

Construído através das presenças constantes nas provas europeias com o leão ao peito, o seu prestígio internacional galgou para outra dimensão quando, ao serviço da Seleção Nacional, deixou boquiaberto todo o planeta com exibições de altíssimo nível que ajudaram a empurrar a equipa das Quinas rumo ao título mais importante da sua história.

Foi nos palcos gauleses que a sua frieza, segurança, confiança e, sobretudo, o seu dom de defender penáltis abriram os olhos a grandes glórias das balizas do passado como Zoff, Marcos, Bonner, Chilavert ou Toldo que, contactados por O JOGO, fizeram questão de deixar simpáticas mensagens de felicitações ao aniversariante, que pode ler na edição impressa desta quinta-feira. Estas estenderam-se a guarda-redes que dividiram o balneário com o número 1 do Sporting até grandes nomes da atualidade, passando por colegas de profissão que acompanharam o seu crescimento e evolução em batalhas travadas nos relvados portugueses e internacionais.

Hoje, a mais de seis mil quilómetros do conforto do lar, Rui Patrício ganhará, certamente, o estatuto de cromo valioso na caderneta das estrelas mundiais que já pisaram o relvado sintético do Arena Astana. Aí começará a caminhada na luta por mais um troféu que se possa juntar ao Europeu, às duas Taças de Portugal e às duas Supertaças e à Taça da Liga que já tem no currículo.