"Para mim isto é a primeira classe", disse Lumor a Jorge Jesus

"Para mim isto é a primeira classe", disse Lumor a Jorge Jesus

Treinador do Sporting revelou excerto de conversa que teve com o lateral-esquerdo antes do jogo deste domingo com o Feirense, em que o ex-Portimonense foi lançado ais 72 minutos.

Análise do jogo: "Na prática, o William fez o golo e fez um grande jogo. Esteve bem, foi um jogador levezinho, com intensidade alta. Nos primeiros 45 minutos a equipa fez um jogo espetacular. Só o Doumbia teve quatro golos na cara do guarda-redes, sem falar do Bryan [Ruiz] e do Montero. Na segunda parte não tivemos tantas oportunidades. A equipa teve sempre qualidade em termos emocionais. Com os adeptos enervados, como é normal, os jogadores a perderem-se já um bocadinho, mas o golo apareceu, o segundo também e até podia ter entrado o terceiro. Parabéns aos jogadores e aos adeptos. Não podemos passar do 8 ao 80. Há uma semana, o Sporting era primeiro classificado e tinha ganho o único título da época. Depois diziam 'o Sporting já não ganha jogos e já não está não sei onde...' O futebol é isto, estar à frente, estar atrás, andar a disputar títulos...

Vitória no Europeu de futsal: "Quero dar os parabéns à seleção de futsal. Um país de 10 milhões, os melhores da Europa e dos melhores do mundo. Mas é preciso ter isto em atenção. A seleção de futsal quantas vezes lá chegou para ganhar? É preciso passar por isto para ganhar".

Sobre Rafael Leão e Lumor: "O Rafael Leão tem 18 anos, nunca jogou na primeira equipa do Sporting. Fui atrevido e meti o miúdo. Com o Lumor passa-se a mesma coisa, no ano passado estava a disputar a II Liga, entrou com alguma dificuldade em perceber os momentos da equipa. Trata-se de um defesa a quem tens de ensinar as ideias da equipa. O Lumor está a aprender. Ainda hoje [domingo] me disse: 'isto para mim é a primeira classe'. Eu respondi-lhe que ainda lhe faltam muitos anos".