Pai de Matheus Pereira e o processo de naturalização de Jovane: "Por que foi mais rápido?"

Pai de Matheus Pereira e o processo de naturalização de Jovane: "Por que foi mais rápido?"

Jovane viu naturalização aprovada esta sexta-feira e passa a ser opção para a Seleção Nacional

Jovane Cabral, a nova coqueluche da formação do Sporting, já é oficialmente português desta esta sexta-feira, 16 de novembro.

O extremo, lançado esta época, pode agora ser chamado para as seleções portugueses, algo que ainda não aconteceu com Matheus Pereira, brasileiro de 22 anos, no Sporting desde 2009 e que atualmente joga na Alemanha, no Nuremberga.

Alexandre Pereira, pai e representante de Matheus, aproveitou a cidadania concedida a Jovane Cabral para deixar questões sobre o processo do filho. "Nada contra o Jovane, pelo contrário, é um miúdo de muita qualidade, mas estamos a tratar deste documento para o Matheus desde novembro de 2016 com o clube. Olha há quanto tempo está a arrastar-se. O Matheus está cá desde os 13 anos de idade. Qual o problema? Por que para um é mais rápido?"

O pai do jogador lembra ainda que todos os elementos da família já têm nacionalidade portuguesa, exceto o filho que, assim, não pode ser chamado para vestir a camisola das Quinas, como deseja.