Os principais alvos e as acusações no comunicado de Bruno de Carvalho

Os principais alvos e as acusações no comunicado de Bruno de Carvalho

Presidente do Sporting emitiu comunicado no Facebook

Num extenso comunicado, Bruno de Carvalho volta a apontar baterias aos jogadores do Sporting. O presidente leonino, através do Facebook, relata o que terá acontecido nas últimas horas e deixa várias acusações, sem referir nomes:

- "Na primeira reunião, ficaram claras duas coisas: a total lealdade do treinador perante o Presidente e quem foram os grandes mentores de toda esta questão, de que fazem parte jogadores que, há anos, exigem sair do Clube de todas as maneiras e feitios."

- "Essa situação ainda foi mais vincada quando, a dada altura, um atleta confrontou o Presidente com o facto - que notóriamente já tinha partilhado com o grupo -, de que o Presidente teria ligado no dia anterior ao líder da Juventude Leonina, pedindo-lhe que batesse nos jogadores, num acto que deixou o Presidente totalmente indignado."

- "Não podemos compactuar com joguinhos de "bastidores" internos, prejudicando os grupos e com atitudes de "ameaças e pressões" a colegas, sobretudo quando já havia uma reunião marcada para hoje, após o jogo, acordada por todos - Presidente, treinador e atletas. Isto tem sempre na sua base a tentativa de esconder insucessos, e promover na opinião pública um novo sentimento de revolta, cujos mentores terão aprendido a fazer, certamente, com as lições que tiveram durante o célebre e triste episódio protagonizado por alguém que, com uma agenda própria, tentou, com relativo sucesso, virar os sportinguistas contra o seu Presidente."

- "Alguém dentro daquelas duas salas, apressou-se, ao estilo do episódio já aqui referido, a colocar uma série de notícias falsas por todos os jornais."

- "Não se pode combater quem luta de forma "suja", recorrendo ao anonimato para atacar o Presidente e com isso o Clube, sem os desmascarar a cada passo."

- "É totalmente falso que aquelas pessoas a quem os jornais chamam de "VIP's" - que para nós são os mais de 3.5 milhões de sportinguistas -, tenham tido qualquer conversa com o Presidente sobre o tema em questão."

- ""Ainda existem muitos, num meio pejado de hipócritas e oportunistas, como por exemplo Paulo Abreu, Carlos Seixas, Menezes Rodrigues, Vítor Ferreira, Isabel Trigo Mira ou Madeira Rodrigues, que nestes momentos sabem demonstrar a sua total confiança e amizade plena."