Nani explica regresso: "Preferi o Sporting por uma questão de orgulho"

Nani explica regresso: "Preferi o Sporting por uma questão de orgulho"

Nani garante ter recebido mais propostas e explica a sensação de reencontrar um treinador importante na sua carreira

Felicidade: "É sempre bom voltar a casa, estar perto da família e dos amigos. Uma casa que bem conheço e onde me sinto muito bem. Prometo trabalho, dedicação, determinação. Sabemos que o Sporting passou por uma fase complicada, mas estamos aqui para dar a volta, para que a situação melhore a cada dia. É isso que vou fazer, para que no final possamos ser felizes, com a consciência que trabalhámos bem e fizemos uma boa época"

A seleção e o regresso: "Estou sempre à disposição do selecionador para representar a Seleção, mas a minha vinda foi algo pessoal, foi pelos meus sentimentos. Senti que era importante voltar a casa, sentir-me acarinhado pelas pessoas. Essas pessoas merecem, por tudo o que fiz e por tudo o que vou fazer. Estou de corpo e alma para ajudar o Sporting a conquistar os objetivos"

Objetivos: "Título? Temos, em primeiro lugar, de construir um grupo forte, focado nos nossos objetivos. Se tivermos um grupo coeso tudo é possível. O mais importante é estarmos bem entre nós, com o clube, como equipa"

José Peseiro: "É sempre bom voltar a trabalhar com um treinador que faz parte da história. Foi Peseiro que me lançou na I Liga e estou muito satisfeito e orgulhoso de"

Alcochete: "Ataque à Academia é passado. Estamos aqui para falar de coisas positivas e no futuro. É isso o mais importante"

Opção pelo Sporting: "Tive muitas propostas, algumas aliciantes, mas preferi o Sporting por uma questão de orgulho. Estou muito feliz. Falem, comentem, mas o que conta é aquilo que sinto"