MP mantém acusação a Bruno de Carvalho e altera pena de 20 arguidos

MP mantém acusação a Bruno de Carvalho e altera pena de 20 arguidos
Miguel Gouveia Pereira

Tópicos

Ministério Público diz não ter sido esclarecido em tribunal pelo ex-presidente do Sporting, Bruno de Carvalho

O Ministério Público pediu a manutenção da acusação a Bruno de Carvalho, bem como as atuais medidas de coação a que está sujeito o ex-presidente do Sporting, ou seja, apresentações diárias numa esquadra de polícia. Segundo a magistrada Cândida Vilar, Bruno de Carvalho sabia o que se ia passar na Academia, em Alcochete. "A matéria de prova mantém-se e não foi informada pelas declarações prestadas em tribunal".

O MP decidiu, entretanto, solicitar a alteração da pena de 20 dos arguidos, que passa a ser de prisão domiciliária. Entre esses arguidos conta-se Nuno Torres, o condutor do BMW azul que no dia do ataque retirou elementos da claque do interior da Academia.

A julgamento continua dia 15, a partir das 10 horas.