Jovane Cabral escolhe Portugal em vez de Cabo Verde

Jovane Cabral escolhe Portugal em vez de Cabo Verde
Rodrigo Cortez

Tópicos

O extremo do Sporting sonha participar no próximo Mundial de sub-20, a ter lugar na Polónia, em maio e junho de 2019.

Jovane Cabral nasceu e cresceu em Cabo Verde, mas tomou a decisão de representar a seleção de Portugal em vez da cabo-verdiana, o que até já tinha acontecido no passado.

O extremo do Sporting alinhou uma vez na seleção AA de Cabo Verde, num jogo particular frente ao Luxemburgo, em março de 2017. Agora, foi convocado pelo selecionador Rui Águas para defrontar o Lesoto no dia 9 de setembro, em partida a contar para a fase de apuramento da CAN'2019.

Se Jovane jogar contra o Lesoto fica automaticamente impedido de trocar de seleção, uma vez que se trata de uma partida oficial da FIFA, a contar para a fase de apuramento de um torneio continental (África, no caso).

O JOGO apurou, no entanto, que o atleta de 20 anos não vai apresentar-se na concentração para o estágio de Cabo Verde, a ter lugar no dia 2 de setembro, uma vez que tem o objetivo de jogar nas seleções portuguesas. Consequentemente, também não tem a intenção de defrontar o Lesoto.

O futebolista já representou os cabo-verdianos, mas como foi num jogo particular ainda estará a tempo de trocar, necessitando nesse sentido de fazer um pedido expresso à FIFA, que depois vai avaliar o processo até dar um parecer definitivo.

Jovane tem já, aliás, um desejo muito concreto: ser convocado para o Hélio Sousa para o próximo Mundial de sub-20, a ter lugar em maio e junho de 2019, na Polónia.