Jorge Jesus sobre Rúben Ribeiro: "Não vou inventar nada, não vou pô-lo guarda-redes"

Jorge Jesus sobre Rúben Ribeiro: "Não vou inventar nada, não vou pô-lo guarda-redes"

Em conferência de imprensa, Jorge Jesus destacou a vantagem de contar com um jogador "conhecedor do campeonato português", deixando uma garantia em relação à posição que o ex-Rio Ave vai ocupar na estratégia leonina.

Sobre o Aves: "Respeitamos o Aves, é uma equipa com um sistema de praticamente três centrais, têm vindo a jogar assim, e estamos preparados para um adversário a fechar-se bem, com muitos jogadores atrás da linha da bola. O Sporting tem de ir à procura do seu espaço e, com alguma experiência, de conhecer os momentos do jogo. Os jogadores recuperaram todos nestes últimos jogos. As decisões e as opções estão melhores. Alguns vão ser lançados no jogo".

Sobre Rúben Ribeiro: "Já tive a oportunidade de transmitir as minhas ideias a estes três jogadores que chegaram. O Rúben é do campeonato português, que conhece o Sporting, que está melhor preparado do que os outros dois, que estavam praticamente de férias. Nós procurámos fazer o equilíbrio da nossa equipa. Se repararem, há seis equipas na Europa com mais jogos: seis da Liga inglesa e depois nós e o Real Madrid. Ninguém tem tantos jogos. Ainda bem que é assim. Posição? Não vou inventar nada, não vou pôr o Rúben [Ribeiro] a guarda-redes. Vai jogar como um ala e como segundo avançado. O passado dele como jogador tem sido nessas posições. O Sporting deu-lhe uma oportunidade. Ele deve estar feliz por aquilo que fez. Vai estar convocado".

Elogios de Rúben Ribeiro: "O que sei é aquilo que os jogadores dizem e aqueles que me podem julgar são os jogadores. Mais ninguém tem capacidade e conhecimento para julgar um treinador. Se a opinião do Rúben é de acordo com o que tem sido normalmente, é para isso que também me preparo. Ajudar cada vez mais quem trabalha comigo. Não faço mais do que o meu trabalho. O treinador é como o jogador, um criativo do treino. O Wendel é um miúdo de 20 anos. Se as equipas da Europa o quisessem, ele não estava aqui. É um miúdo que tem talento para se ir potencializando na exigência que representa o Sporting. Não é um jogador para o imediato, como o Misic também não é. Temos de ter mais tempo e paciência. O Rúben é um jogador para hoje, para amanhã, para ontem, que está preparado para disputar qualquer jogo em Portugal".