Jaime Marta Soares exige demissão de Bruno de Carvalho: "Não há paz no Sporting"

Jaime Marta Soares exige demissão de Bruno de Carvalho: "Não há paz no Sporting"

Presidente da mesa da Assembleia Geral leonina considera que estão "esgotadas as hipóteses de manutenção da atual presidência".

Jaime Marta Soares considera que Bruno de Carvalho já não reúne condições para se manter na presidência do Sporting e avisa que, caso o líder dos leões não avance com a demissão, a Assembleia Geral (AG) tomará as rédeas "para fazer regressar a paz" ao clube de Alvalade.

"Estão esgotadas as hipóteses de manutenção da atual presidência. Com Bruno de Carvalho não há paz no Sporting. Os sócios deram o sinal, disseram aquilo que querem", afirmou o presidente da mesa da AG leonina em entrevista à TSF, esta segunda-feira.

"Não entendemos, porque não conseguimos entender, como é que de um momento para o outro há uma inversão tão grande de práticas e atitudes. Será uma situação de cansaço ou de instabilidade emocional que às vezes acontece ao mais forte dos cidadãos. Na minha opinião, só algo de anormal poderá efetivamante estar na origem", afiançou o dirigente.

Marta Soares pretende marcar uma reunião do órgão ainda esta segunda-feira com vista à tomada de uma decisão na eventualidade de Bruno de Carvalho não apresentar a demissão.