Fonte do Sporting esclarece Battaglia e Raphinha após acusações de Ricciardi

Fonte do Sporting esclarece Battaglia e Raphinha após acusações de Ricciardi

Candidato à presidência do Sporting diz que o clube está em dificuldades financeiras e falou nos casos de Battaglia e Raphinha.

José Maria Ricciardi, candidato à presidência, afirmou esta quinta-feira que "o Sporting não paga um tostão a um único fornecedor", referindo ainda os casos de Battaglia e Raphinha. "Tanto que foi pedir um reescalonamento da dívida ao Braga e ao Vitória de Guimarães", acusou, para espelhar aquelas que diz serem as dificuldades financeiras do clube.

Fonte oficial do Sporting revelou a O JOGO que, no caso do médio, "o Braga tentou negociar para ver se recuperava parte da percentagem (20 por cento) do passe que perdera após a rescisão e assinatura de novo contrato". "Os 900 mil euros devidos até 30 de agosto foram pagos a pronto e dentro do prazo porque o Sporting recusou essa possibilidade liminarmente".

Quanto ao V. Guimarães, o Sporting tinha de pagar uma prestação à volta de 1,5 milhões de euros em junho e, de acordo com a mesma fonte, "pagou em agosto quando o presidente do V. Guimarães esteve na SAD" leonina para discutir o reescalonamento dos pagamentos.