Premium Eis um leão a quem passam cartão: é preciso recuar até Marco Silva para ver números assim

Eis um leão a quem passam cartão: é preciso recuar até Marco Silva para ver números assim
Bruno Fernandes e Rafael Toucedo

Tópicos

Há quatro anos que o Sporting não era tão indisciplinado. Nas Aves, acumulou a oitava expulsão e chegou às 148 admoestações, tudo em 48 jogos

Um leão a quem passam... (muito) cartão. A expressão adaptada serve para mostrar que o Sporting versão 2018/19 é uma equipa com altos níveis de indisciplina, os mais altos das últimas quatro épocas. Sábado passado, nas Aves, a formação comandada por Marcel Keizer - mas que também já foi dirigida por José Peseiro e Tiago Fernandes - chegou aos oito vermelhos na presente temporada por expulsão de Renan, acumulando, com mais três amarelos (a Gudelj, Acuña e Raphinha), um total de 148 admoestações.

Não confundido indisciplina com agressividade, e recorrendo aos números levantados por O JOGO, nos 48 jogos disputados pelos verdes e brancos neste ano desportivo foram-lhes exibidos 140 amarelos e oito vermelhos, quatro deles vistos de forma direta e outros tantos por acumulação. Como fica demonstrado que este é um número elevado? Primeiro porque só com Marco Silva, em 2014/15, encontramos registos nivelados por cima (média de 3,32 cartões por jogo, contra os 3,1 desta época); depois, porque quer Benfica quer FC Porto, eternos rivais do Sporting, têm números consideravelmente mais baixos neste capítulo.