Cédric evita corte em Miguel Lopes

Cédric evita corte em Miguel Lopes

Venda permitirá que o camisola 13 não tenha de sofrer nova revisão salarial em baixa para ficar.

A iminente transferência de Cédric para o Southampton permitirá uma reconfiguração na política de vencimentos vigente, isto é, um novo acerto salarial na folha de Miguel Lopes.

Com a Sporting, SAD a ter tudo acordado para transacionar o lateral-direito para a Premier League, conseguindo um encaixe a rondar os sete milhões de euros, como O JOGO noticiou, o concorrente direto do defesa, que está a um passo de deixar Alvalade, deverá manter os valores que aufere no momento: 750 mil euros brutos anuais.

Lembre-se que para ficar no clube do coração, no início da época passada, após uma temporada de empréstimo ao Lyon, Miguel Lopes cedeu às pretensões da empresa responsável pelo futebol dos verdes e brancos. Na altura, o lateral de 28 anos abdicou dos prémios por rendimento constantes no seu contrato, parcelas que elevariam o valor total para cerca de 1,1 milhões de euros anuais brutos. Todavia, o acordo selado com a SAD que reabriu a porta do plantel a Miguel Lopes previa uma nova renegociação entre as partes assim que terminasse 2014/15 para reapreciação do montante salarial. Perante a transação de Cédric, tal não deverá suceder.

Por outro lado, a transferência do camisola 41, que nas últimas três temporadas foi quem mais reinou na lateral direita, recebeu a anuência do novo técnico verde e branco, Jorge Jesus. Antes de encetar conversações com o Southampton, a administração leonina consultou o treinador bicampeão nacional, que não colocou qualquer entrave à operação. Cédric deverá colocar a sua assinatura no contrato quando voltar da Seleção.