"É difícil virem a Portugal e baterem 60 milhões de euros", diz Bruno Fernandes

"É difícil virem a Portugal e baterem 60 milhões de euros", diz Bruno Fernandes

Capitão do Sporting, Bruno Fernandes, tem cláusula de 100 milhões de euros, que inicialmente considerou exagerada, apesar de o deixar orgulhoso. O camisola oito fala em entrevista à Sport TV

Interesse de grandes clubes: "Obviamente que qualquer jogador gosta de ser falado. É sempre bom e sinal que o trabalho está a ser bem feito. Importante é manter o foco. Muitas vezes fala-se muito e faz-se pouco. O ano passado havia clubes que queriam e puxaram o pé atrás, que queriam pagar de uma certa maneira e que o Sporting não quer..."

Cláusula de 100 milhões de euros: "Quando me falaram da cláusula de 100 milhões disse: é exagerado. Nenhum jogador do Mundo deveria valer esse preço. Quanto estariam dispostos a pagar por eles? Se alguém como eu valho o que valho, o que dizer de Messi e Ronaldo. É difícil algum clube chegar aqui e bater 60 milhões... Dizem que o campeonato português é mais fácil... há mil e uma razões. Era o jogador com a cláusula mais alta, fui ultrapassado pelo João [Félix], mas é um orgulho colocaram uma cláusula dessas em mim".

Propostas após a rescisão: "Após a rescisão de contrato tive propostas de clubes com Inglaterra e Espanha, mas não me sentia preparado para um campeonato tão competitivo. Não tanto pela dificuldade competitiva, mas pelo número de jogos que por norma se faz nesse campeonato. Na temporada passada foi a primeira vez que joguei regularmente no campeonato e competições europeias. Senti que precisava de mais um ano a fazer este número de jogos para me preparar para essa exigência competitiva."