Bruno de Carvalho vai pedir nova Assembleia Geral e atira-se a Jaime Marta Soares

Bruno de Carvalho vai pedir nova Assembleia Geral e atira-se a Jaime Marta Soares

Presidente do Sporting respondeu ao presidente da mesa da Assembleia Geral, depois de este ter afirmado que a atual Direção não reúne condições para continuar na liderança do clube.

Bruno de Carvalho editou a publicação que redigiu na manhã desta segunda-feira, respondendo às declarações de Jaime Marta Soares, que exigiu a demissão do presidente do Sporting, em entrevista à TSF. O líder leonino anuncia que vai pedir uma nova Assembleia Geral para os sócios "se voltarem a pronunciar" a Direção,e "separadamente, sobre os Presidentes da MAG e do CFD [Conselho Fiscal e Disciplinar]".

"O dr. Jaime Soares criou a maior confusão vista na história do Sporting ao conduzir de forma infantil e incompetente uma AG. Com essa sua atuação, provocou a necessidade na Direção de fazer uma nova AG e eu a vir a público a defender um homem que não tem defesa possível. Este foco de problemas vem agora ameaçar-me. Eu tinha-o avisado que mais uma dele e quem pediria a sua saída seria eu e não só os sócios como o fizeram de forma esmagadora só o mantendo porque eu o pedi. Escusa de reunir a MAG [Mesa da Assembleia Geral], que se diga nunca se reviu nele nem esteve a seu lado, pois serei eu a pedir novamente à Direção para se fazer uma AG para os sócios se voltarem a pronunciar sobre nós e neste momento, separadamente, sobre os Presidentes da MAG e do CFD [Conselho Fiscal e Disciplinar]. Se os sócios não tiverem a memória curta sairá pela porta pequena como em Poiares", atira Bruno de Carvalho, num novo parágrafo.

Recorde-se que Marta Soares, presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting, alega que a atual direção "não reúne condições" para prosseguir na liderança do clube e garante que, caso Bruno de Carvalho não apresente a demissão, o órgão que lidera tomará as rédeas "para fazer regressar a paz" a Alvalade.