André Pinto pode deixar o Sporting depois dos dérbis com o Benfica

André Pinto pode deixar o Sporting depois dos dérbis com o Benfica
Bruno Fernandes/Rui Miguel Gomes

Tópicos

Chineses estão dispostos a pagar pela aquisição do defesa-central e a SAD admite a saída.

Os chineses do Shenzhen pretendem assegurar a contratação do defesa-central André Pinto, processo esse que, segundo O JOGO apurou, poderá ser concluído com sucesso depois dos dois encontros frente ao Benfica - hoje para o campeonato e na próxima quarta-feira, referente à primeira mão da meia-final da Taça de Portugal, que se realizará no Estádio da Luz. De acordo com informações recolhidas pelo nosso jornal, o emblema que subiu este ano à primeira divisão chinesa está apostado no concurso do experiente central leonino, que chegou a Alvalade na condição de jogador livre, podendo inscrevê-lo até 28 deste mês.

Então, no início da estação 2017/18, André Pinto viajou para a Alvalade, proveniente do Braga, como uma alternativa para os centrais titulares, então Coates e Mathieu, tendo o seu processo de contratação envolvido um prémio de assinatura na ordem de um milhão de euros, que foi determinante para que os leões superassem a concorrência então do Hull City de Marco Silva. Os ingleses colocavam em cima da mesa um vencimento anual bruto de 2,2 milhões de euros, no entanto André Pinto acabou por preferir ficar em Portugal, auferindo metade do que lhe foi oferecido então, precisamente 1,1 milhões de euros brutos por época, isto até ao final da estação 2020/21, ainda que o contrato contemple mais um ano de opção, que está indexado à taxa de utilização.

Certo é que os leões têm a possibilidade de encaixar uma verba tida como "interessante" pelos dirigentes leoninos, que deverá andar na ordem dos três milhões de euros. Os responsáveis pela SAD verde e branca não pretendem fechar as portas ao jogador, uma vez que financeiramente a proposta para o atleta será mais vantajosa e o vencimento pago em Alvalade é tido como elevado. Em termos de alternativas a Coates e Mathieu, o técnico Marcel Keizer tem ao seu dispor o reforço Tiago Ilori e, em caso de recurso, Petrovic.