Jovane Cabral passa a ser português em setembro

.

Extremo do Sporting quer representar Portugal.

O sportinguista Jovane Cabral, de 20 anos, é cidadão cabo-verdiano, mas está prestes a adquirir a nacionalidade portuguesa.

O processo relativo à naturalização do atleta está a ser tratado por uma empresa sedeada em Lisboa, prevendo-se que o mesmo fique finalizado já neste próximo mês de setembro.

"O processo está em fase terminal. Acreditamos que em setembro fique tudo tratado", declarou a O JOGO um elemento da Invictus Team, firma que representa o futebolista em termos legais.

"Em setembro ele fica apto para jogar pela seleção de Portugal e é isso mesmo que ele pretende", disse ainda a mesma pessoa.

Jovane já fez um jogo por Cabo Verde, mas, mediante pedido expresso à FIFA, ainda pode trocar de seleção, uma vez que o encontro foi de caráter particular.

O selecionador cabo-verdiano Rui Águas convocou-o para defrontar o Lesoto no dia 9 de setembro, em partida a contar para a fase de apuramento da CAN'2019, mas o extremo não vai comparecer à chamada (nem ao jogo), uma vez que, nesse caso, ficaria depois impedido de trocar de seleção.