Alan Ruiz: Sporting até já admite perder dinheiro

Alan Ruiz: Sporting até já admite perder dinheiro
Federico del Rio (argentina)/Mário Duarte

Tópicos

Reembolso dos oito milhões investidos deixa de ser meta obrigatória: objetivo é minimizar prejuízo.

A saída de Alan Ruiz do Sporting na reabertura do mercado de transferências em janeiro é um processo com desfecho pouco menos que inevitável ou irreversível. Apesar de ainda não se perfilarem candidatos à sua contratação, não faltarão pretendentes ao criativo argentino de 24 anos, surgindo agora uma nova parcela na equação que resultará na resolução do futuro do esquerdino dono da camisola 10 verde e branca. Ao que O JOGO apurou, o Sporting sugeriu aos responsáveis do Rosário Central a possibilidade de concretizar a transferência do jogador por uma verba a rondar os seis milhões de euros. Ou seja, os dirigentes leoninos até já terão abdicado da intenção de serem ressarcidos na totalidade do investimento feito no verão de 2016, quando pagaram oito milhões de euros ao Colón pela contratação de Alan Ruiz, procurando agora minimizar as perdas.

A resposta dos responsáveis do Rosário Central foi negativa, como admitiu ao nosso jornal o vice-presidente Ricardo Carloni: "Dissemos-lhes que só haveria conversações se estivessem na disposição de emprestar o Alan Ruiz."

Com 26 jogos e sete golos na época passada, a sua primeira de leão ao peito, o médio canhoto colocado por Jorge Jesus no ataque, no apoio direto a Bas Dost, leva na presente campanha oito jogos, sem golos. O incidente no jogo da Taça de Portugal com o Vilaverdense, em que atirou o casaco ao chão ao ser substituído, aos 60", e foi vaiado, que lhe valeu um processo disciplinar (ver caixa), apenas veio precipitar um cenário que já se adivinhava: a saída é o destino de Alan Ruiz. E os leões até já prescindem do reembolso do investimento feito, apenas querem reduzir ao mínimo o prejuízo pela sua contratação.