A conversa com Karanka e os outros nomes sugeridos ao Sporting

A conversa com Karanka e os outros nomes sugeridos ao Sporting
Mário Duarte/Bruno Fernandes/Duarte Tornesi/Rafael Toucedo

Tópicos

A queda de José Peseiro após a derrota com o Estoril proporcionou um aumento substancial de nomes de treinadores "soprados" ao ouvido de Frederico Varandas.

Poucas horas após ter demitido José Peseiro do cargo de treinador, o Sporting meteu prego a fundo no mercado e, em parceria com Jorge Mendes, iniciou o processo de sucessão com um contacto junto de Aitor Karanka , atual comandante do Nottingham, emblema do Championship.

À procura de outro desafio, fora de Terras de Sua Majestade, o ex-adjunto de José Mourinho no Real Madrid aceitou conhecer, através do seu empresário, o projeto proposto pela estrutura liderada por Frederico Varandas, ao mesmo tempo que escuta as intenções dos russos do Spartak Moscovo, outro clube que está interessado em garantir os seus serviços.

De acordo com o que O JOGO apurou, Juan Carlos Unzué e Paco Jémez foram dois dos técnicos sugeridos ao presidente para a sucessão do ribatejano. O primeiro, que foi adjunto de Guardiola no Barcelona e de Luis Enrique nos catalães e no Celta de Vigo, que orientou na época passada, está livre. Já o segundo foi o antecessor de Pedro Caixinha nos mexicanos do Cruz Azul e tem como grande cartão de apresentação o trabalho realizado ao serviço do Rayo Vallecano, clube que orientou entre 2012 e 2016. Ambos os treinadores são conotados com futebol ofensivo e direcionado para o espetáculo.