Golos madrugadores do Ajax valem recordes negativos ao Sporting

Golos madrugadores do Ajax valem recordes negativos ao Sporting

Leões nunca tinham sofrido um golo tão cedo na Liga dos Campeões. Estar a perder por 2-0 aos 10 minutos numa prova europeia foi, também, uma situação inédita.

O Sporting viveu um autêntico pesadelo nos primeiros minutos do jogo com o Ajax. Logo aos 2', Sebastien Haller abriu as contas em Alvalade, colocando a turma neerlandesa na frente do marcador. Aos 9', o costa-marfinense dilatou a vantagem visitante, estabelecendo, ao mesmo tempo, recordes negativos para os leões.

O Sporting nunca tinha sofrido um golo tão madrugador na Taça/Liga dos Campeões. O anterior recorde pertencia a Marco Cassetti, que faturou diante da equipa verde e branca aos quatro minutos de um jogo com a Roma.

Esta foi também a primeira vez que o Sporting se apanhou a perder por dois golos aos 10 minutos de um jogo europeu.

Como se não bastasse, já aos 20 minutos, Gonçalo Inácio saiu lesioando e em lágrimas.