Gelson reconhece um dos arguidos: "Esteve na festa da minha filha"

Gelson reconhece um dos arguidos: "Esteve na festa da minha filha"
Hugo Monteiro

Tópicos

Gelson Martins foi ouvido esta sexta-feira em tribunal no caso do ataque à Academia do Sporting.

Gelson Martins, jogador que atualmente veste a camisola do Mónaco, de França, foi esta sexta-feira ouvido em tribunal, no âmbito do processo do Ataque à Academia. O extremo foi ouvido via Skype.

"Foi tudo muito rápido, tive medo. Paralisei um bocado, não estava à espera. Vi garrafões de água a saltar de um lado para ou outro. O que estava a acontecer ao Acuña chamou-me mais à atenção", introduziu o internacional português, quando recordou o dia do ataque.

"Claro que tive medo, paralisei durante a situação, não tive reação, tive medo. Depois, durante uns tempos também tive medo, não foi fácil, é uma situação difícil, pela qual ninguém gosta de passar. Até hoje sinto dificuldade, não foi fácil para mim nem para minha família", admite. "Depois de acontecer aquilo, nunca andava sozinho na rua, tive sempre receio de encontrar um adepto e voltar a acontecer o mesmo. Andei sempre com alguém comigo", acrescenta.

Gelson Martins reconheceu mesmo um dos arguidos. "Ele é do bairro da minha namorada e esteve na festa da minha filha a convite dela", afirmou, falando sobre Domingos Monteiro.