Falta meio milhão para Douglas

Falhada a tentativa de garantir o jogador do Dínamo de Moscovo a custo zero, o Sporting vai ter de pagar dois milhões para garantir o tão ansiado defesa

Eleito como o grande alvo para trazer experiência e voz de comando à defesa do Sporting, num papel em tudo semelhante ao que Luisão tinha no Benfica sob o comando de Jorge Jesus, Douglas está a "apenas" 500 mil euros de trocar o Dínamo de Moscovo pelo Estádio José Alvalade. Ao que O JOGO apurou, o emblema russo recusou uma primeira proposta dos leões pelo internacional holandês e informou os responsáveis verdes e brancos que só aceita negociar o jogador por dois milhões de euros.

Numa primeira instância, o patrão da defesa desejado por Jorge Jesus, que tem mais um ano de contrato com o Dínamo, podia ter chegado a custo zero, mas o clube da capital russa, que passa por uma grave crise diretiva e financeira, não aceitou a desvinculação de Douglas e manteve-se firme na intenção de receber uma compensação financeira pelo central. Caso as duas partes cheguem a acordo para a transferência do atleta, o central, de 27 anos, terá à espera um prémio de assinatura de 1,5 milhões, assim como um contrato de três a quatro épocas.

Admirador das suas qualidades técnicas e, acima de tudo, de liderança, Jorge Jesus já encetou contactos com o internacional holandês e explicou-lhe o projeto verde e branco. De acordo com o que O JOGO apurou, Douglas ficou agradado com as explicações do treinador e terá manifestado a sua vontade em vestir com o leão ao peito. Além disso, o central também ficou convencido com os valores salariais colocados em cima da mesa pelo emblema de Alvalade: dois milhões de euros brutos por ano, o que equivale, sem impostos, a um valor de cerca de um milhão.

Nascido em Florianópolis, no Brasil, Douglas começou a dar nas vistas no Joinville e acabou transferido para o Twente, em 2007. Na Holanda, o central, de 1,92 m e 86 kg, deu nas vistas ao ponto de se naturalizar e ser convocado para a seleção da Holanda com a qual, contudo, nunca chegou a somar nenhuma internacionalização. Apresentando como ponto forte o jogo aéreo, o atleta também se destaca no posicionamento, no desarme e na rapidez com que encara os lances.