Eduardo vai custar 3,5 milhões de euros ao Sporting

Eduardo vai custar 3,5 milhões de euros ao Sporting
Bruno Fernandes / Rui Miguel Gomes / Vítor Rodrigues

Tópicos

Belenenses vai ganhar 500 mil com o negócio e Keizer garante um reforço para o meio-campo. Acordo ainda não está fechado, mas deve concluir-se nas próximas horas.

Eduardo Henrique, médio de 24 anos que esta temporada vestiu a camisola do Belenenses SAD, está a um pequeno passo de se tornar reforço do Sporting.

Ao que O JOGO conseguiu apurar, o negócio, a ultimar nas próximas horas, vai custar 3,5 milhões de euros aos cofres dos leões, e à espera do futebolista, vinculado aos brasileiros do Internacional de Porto Alegre, está um contrato de cinco anos, até 2024.

O negócio é simples de se explicar: sabe o nosso jornal que a administração presidida por Rui Pedro Soares vai exercer o direito de opção que estabeleceu no acordo de empréstimo do atleta, no último defeso, e que se fixa nos três milhões de euros. Contratando-o, trespassa-o ao Sporting por mais 500 mil euros, podendo os leões incluir um futebolista dos seus quadros no negócio (ver caixa).

Fechando-se este acordo, os verdes e brancos passam a deter os 50% dos direitos económicos de Eduardo ainda na posse do Internacional, uma vez que a restante percentagem pertence à empresa que o representa.

Médio de transição, apurou O JOGO que o brasileiro despertou a atenção do Sporting pelo facto de poder fazer mais do que uma função na zona central: em Alvalade, veem-no como um oito mas que, por necessidade, também pode recuar e jogar como trinco. Pelo Belenenses SAD, Eduardo realizou um total de 29 jogos, nos quais apontou dois golos.

De férias... ou talvez não

O Belenenses SAD terminou a época na quinta-feira passada, com a receção ao Nacional: Silas, técnico dos azuis, ainda agendou um par de treinos, maioritariamente de descompressão, para os dias seguintes ao encontro, mas neste momento todos os futebolistas já se encontram em período de férias. Eduardo não foge à regra, tem passagem marcada para o Brasil nos próximos dias, mas poderá ver adiada a viagem, uma vez que parece haver urgência no anúncio do médio como reforço.

Contactado por O JOGO, Eduardo não quis entrar em pormenores, afirmou mesmo desconhecer as negociações entre todas as partes já referidas, mas quando questionado sobre se gostaria de vestir de leão ao peito... "Claro que gostava de jogar no Sporting. Estamos a falar de um grande clube", disse ao nosso jornal.

Segundo foi possível perceber, e finalizando os termos contratuais, o médio vai auferir um ordenado de 600 mil euros líquidos por temporada, ou seja, o Sporting terá um custo total com o futebolista de 1,2 milhões de euros. O facto de não terem sido colocados entraves nesta questão ajudou a acelerar o negócio.

Sporting com companhia

Apesar de estar muito perto de assinar com os leões, Eduardo, apurou o nosso jornal, era também seguido por outros clubes, como os gregos do Olympiacos ou os suíços do Zurique. Em relação ao emblema cujo técnico é Pedro Martins, o médio era um dos nomes que surgiam no topo da lista de prioridades para a próxima temporada, mas os helénicos não conseguiram chegar aos valores pretendidos. Dos Emirados Árabes também surgiram contactos, mas a vontade do futebolista - continuar a jogar na Europa, se possível em Portugal - imperou.

Azuis também devem receber "reforço"

Segundo foi possível apurar, o negócio que vai trazer Eduardo até Alvalade deve permitir ao Belenenses recrutar um futebolista que esteja contratualmente ligado ao Sporting. Neste momento, ainda nada está definido nesse sentido, mas a escolha recairá, sabe O JOGO, num nome que não se irá apresentar na pré-temporada da equipa principal, cujo arranque será no dia 27 de junho. Há vários jogadores que na época que está agora a terminar estiveram cedidos e que para a próxima desejam sair para poder obter regularidade. Rafael Barbosa, por exemplo, já disse que gostaria de seguir no projeto do Paços de Ferreira, agora na primeira divisão. O Hibernian também já comunicou a devolução de Ryan Gauld.