"É melhor ter sido eu a deixar o futebol do que o futebol deixar-me a mim"

"É melhor ter sido eu a deixar o futebol do que o futebol deixar-me a mim"

Antigo jogador do Sporting é agora treinador adjunto da formação sub-23 do emblema leonino.

João Pereira deixou a carreira de jogador para se dedicar ao cargo de treinador adjunto da formação sub-23 do Sporting e, em declarações à Sporting TV, o antigo lateral-direito garante ter sido o momento certo para arrumar as botas.

"É melhor ter sido eu a deixar o futebol do que o futebol deixar-me a mim. Foi o momento certo. Foi o que teve de ser. Custa, mas não estou arrependido", começou por dizer.

"Ainda acho um pouco estranho quando os miúdos se dirigem a mim e me chamam míster. As primeiras duas semanas foram muito agressivas. Foram trabalhos de gabinete, sempre fechados. Estava oito horas dentro da sala e pensei o que estava a fazer à minha vida. Sou um homem habituado a estar ao ar livre", continuou, antes de revelar os conselhos que dá aos jovens jogadores.

"Durmam, alimentem-se bem e nunca facilitem no treino", afirmou.