Exclusivo Derrota traz remodelação no Sporting: Rúben Amorim vai mexer em todos os setores

Derrota traz remodelação no Sporting: Rúben Amorim vai mexer em todos os setores
Frederico Bártolo

Tópicos

Rúben Amorim planeia fazer mexidas na equipa e todos os setores podem ter alterações face ao último jogo da Liga. Na baliza, Virgínia ainda é para avaliar e poderá ter a chance de jogar. Inácio deve ocupar o lugar de Coates e abrir a porta a Neto. Bragança no meio-campo e Nuno Santos na frente são outras opções

Rúben Amorim não altera a tática, mas planeia mudanças no onze para o Santa Clara, fazendo uma leitura da derrota com o Braga, a segunda em três jornadas para o campeonato, e também da gestão física necessária a quem pode vir a disputar uma final três dias depois e com menos 24 horas de descanso para o futuro adversário. É nesse sentido que uma remodelação em todos os sectores, que não comprometa a solidez e ideia de jogo, pode estar a caminho.

Na baliza, João Virgínia tremeu em alguns cruzamentos diante do Leça, na Taça de Portugal, mas poderá ir, de novo, a avaliação, tal como Amorim salientou ser necessário para que os leões decidam se querem contratá-lo ao Everton. Leva sete jogos e foi sempre titular nas partidas das taças, porém está avisado de que, em 2020/21, Amorim não arriscou e levou Adán ao onze na final-four, já depois de Maximiano ter sido titular nos "quartos".