"Criminoso e irresponsável"

O ex-presidente do Sporting foi especialmente duro para com o comportamento do presidente da Assembleia Geral nos últimos dias.

O ex-presidente do Sporting, Dias da Cunha, disse hoje que o comportamento de Eduardo Barroso é "criminoso", referindo-se assim às declarações nos últimos dias do presidente da Assembleia Geral. "Comporta-se como um verdadeiro criminoso e irresponsável, diz o que lhe vem à cabeça, é tonto, diz o que lhe apetece, é de uma enorme vaidade e portanto o que lhe interesse é promover-se, mais nada e o Sporting que se lixe!", disse em entrevista à Rádio TSF.

"Eu no lugar do engenheiro Godinho, se tive esses meios, se os estatutos permitissem, ou com a demissão do conselho diretivo ou do conselho fiscal e se isso forçasse a demissão da Mesa da Assembleia Geral, eu no lugar do Luís fazia-o", acrescentou Dias da Cunha, defensor igualmente da ideia de que Godinho Lopes devia convocar eleições "para poder prosseguir o trabalho com legitimidade".

Na mesma entrevista, o ex-presidente mostrou-se ainda agradado com a saída de Luís Duque e Carlos Freitas, considerando ter sido uma notícia "positiva".