Covid-19: bilheteira no Sporting cai para 177 mil euros

Covid-19: bilheteira no Sporting cai para 177 mil euros
Bruno Fernandes

Tópicos

Jogos à porta fechada impediram venda de ingressos, assim como bilhetes de época. "As receitas são praticamente nulas no trimestres", recordam no relatório e contas

Analisando o relatório e contas trimestral, o primeiro do exercício 2020/2021, que a SAD do Sporting divulgou na segunda-feira, percebe-se o quão impactante foi a covid-19 para as contas da sociedade, nomeadamente em termos de bilheteira: a 30 de setembro de 2020, os leões tinham provisões de 177 mil euros, quando há um ano... quase chegavam aos quatro milhões (3,923).

"As receitas de bilheteira e bilhetes de época são praticamente nulas no trimestre dado que com a pandemia COVID-19, os jogos realizados em casa foram todos, por imposição das autoridades de saúde, à porta fechada", lê-se numa nota a acompanhar o quadro comparativo.

Estes 177 mil euros apresentados são residuais e, muito provavelmente, dizem respeito aos bilhetes comprados antes da suspensão das competições, em março último.

Recorde-se que os leões estimam, para o presente exercício, prejuízos até 17,5 milhões de euros relacionados com a pandemia, onde juntam, para além da bilhética, o merchandising associado, as visitas e outros eventos. O resultado do trimestre fixou-se nos 4,2 milhões de euros negativos.