Confirma-se: Bruno de Carvalho expulso de sócio do Sporting

Confirma-se: Bruno de Carvalho expulso de sócio do Sporting

Sócios votaram este sábado em assembleia geral extraordinária sobre o recurso do ex-presidente.

Bruno de Carvalho, antigo presidente do Sporting, foi expulso de sócio do clube leonino, depois da votação na assembleia geral (AG) extraordinária sobre o recurso do ex-presidente, este sábado.

69,30 por cento dos votantes mostraram-se a favor da expulsão de Bruno de Carvalho, enquanto 29,79 votaram a favor do recurso interposto pelo ex-líder verde e branco. Alexandre Godinho, antigo membro do Conselho Diretivo do Sporting, também já não é sócio, uma vez que existiram 68,20 votos a favor da expulsão e 30,54 a favor da permanência como associado leonino.

Recorde-se que Bruno de Carvalho foi constituído arguido no processo de investigação judicial ao ataque à academia de Alcochete, a 15 de maio de 2018, em que foram agredidos futebolistas e técnicos, esteve na base da maior crise institucional do clube e que, no limite, provocou a sua queda e culminou na expulsão de sócio, cujo capítulo final é assim conhecido este sábado, com a votação do recurso.

Votaram 5190 sócios, mais do que na AG de ratificação da suspensão, de 15 de dezembro (3960).