Confederação brasileira confirma que Matheus Nunes vai falhar a presença na seleção

Confederação brasileira confirma que Matheus Nunes vai falhar a presença na seleção
Redação com Lusa

Tópicos

Segundo comunicado da Confederação Brasileira de Futebol, citado pelo Globoesporte, o organismo confirma que recebeu dos leões a indicação de não libertar o jogador devido à "exigência sanitária de cumprimento de quarentena" no regresso a Portugal.

O médio do Sporting Matheus Nunes vai falhar a presença na seleção brasileira, confirmou esta segunda-feira a confederação de futebol, explicando que tal se deve à "exigência sanitária" de cumprir quarentena no regresso a Portugal.

Segundo comunicado da Confederação Brasileira de Futebol, citado pelo Globoesporte, o organismo confirma que recebeu dos leões a indicação de não libertar o jogador devido à "exigência sanitária de cumprimento de quarentena" no regresso a Portugal, uma vez que Matheus Nunes "não possui a vacinação completa, o que o impede de ser enquadrado no regime de exceção do governo português".

Matheus Nunes foi convocado pela primeira vez para a seleção brasileira, pouco depois de o selecionador português, Fernando Santos, ter aberto a porta a uma futura chamada do jogador leonino.

Matheus Nunes integrou uma lista de oito elementos chamados pelo selecionador da canarinha, Tite, para fazer face à ausência de vários atletas de equipas inglesas, espanholas e italianas, que foram impedidos de viajar para a América do Sul, devido às restrições impostas pela pandemia de covid-19.

O médio luso-brasileiro dos "leões" vai assim falhar os três próximos jogos do Brasil na qualificação sul-americana para o Mundial2022, com Chile, Argentina e Peru.