"Campeão três vezes em cinco anos"

"Campeão três vezes em cinco anos"

O presidente do Sporting apresentou o treinador belga como a primeira opção e explicou porque não servia Scolari a este Sporting.

Godinho Lopes desdobrou-se hoje em entrevistas, acabando na Antena 1 e na RTP por explicar a opção por Frank Vercauteren. "É homem da formação, campeão três vezes nos últimos cinco anos, a última no Genk, um clube que foi buscar ao 12º lugar, uma coincidência, pois o Sporting está presentemente nessa posição. Integrou inúmeros miúdos, Vossen, por exemplo, jogador no qual nós pensamos para este projeto...", disse o presidente.

Ora, se na rádio falou do novo treinador, na televisão explicou porque desistiu de Scolari. "Não serviu porque disse-lhe que gostaria de ter uma escolha mais abrangente, que tem a ver com o novo modelo, com necessidade de olhar para a formação. Precisava de alguém que tivesse esse ADN. Caro? Não, nada disso... O Sporting contratou o treinador que queria desde o primeiro momento", afirmou.

A verdade é que Vercauteren é o terceiro treinador contratado em ano e meio de contrato. Godinho assume os erros. "Contratei dois treinadores que entendia serem os mais adequados. Desde o momento em que há necessidade de escolher outro caminho, há que repensar o método. Domingos não teve os resultados que esperávamos, como também não teve Sá Pinto", afirmou antes de explicar que em breve o Sporting deixará de pagar a Domingos Paciência. "Falei com Domingos e com Ricardo Sá Pinto e disse-lhes o que ia dizer sobre o acordo que fizemos. Domingos vai deixar de receber em Novembro e já combinei o futuro com Sá Pinto. O Sporting não vai pagar a três treinadores", finalizou.