Bryan Ruiz aponta reunião com Jesus e garante: "Senti-me completamente preso em Lisboa"

Bryan Ruiz aponta reunião com Jesus e garante: "Senti-me completamente preso em Lisboa"

Bryan Ruiz não começou a última época integrado no plantel do Sporting.

Bryan Ruiz recordou os meses em que teve de treinar à parte do plantel principal do Sporting. Em declarações ao Sport Voetball, o internacional costa-riquenho referiu ter-se sentido "completamente preso em Lisboa", mas apontou o papel decisivo de Jorge Jesus na resolução do imbróglio. Além disso, o jogador de 32 anos revelou ter recebido propostas do Standard Liège, da Turquia e da Arábia Saudita, mas nenhuma conseguiu convencer os responsáveis leoninos.

"Recebi várias ofertas e apenas a do Standard Liège me agradou. Falei com o treinador várias vezes, disse-lhe que estava interessado em transferir-me para o clube mediante certas condições. O clube fez os possíveis para satisfazer os meus desejos, mas não conseguiu convencer o Sporting. Recebi convites da Turquia e da Arábia Saudita, mas a minha mulher estava grávida e não a ia levar para lá. Depois do período de transferências, senti-me completamente preso em Lisboa. Tive de continuar a treinar, de julho até meados de novembro", começou por adiantar Bryan Ruiz, que recordou uma conversa com Jorge Jesus que acabou por levar à reintegração no plantel verde e branco.

"Eu reuni com o Jorge Jesus e na segunda-feira seguinte já estava a treinar outra vez [com o plantel]. Ele não me garantiu tempo de jogo, mas estava convencido de que poderia ajudar a equipa. No início, nem sempre joguei, mas aos poucos comecei a jogar mais e terminei a época a titular", acrescentou.