Bruno de Carvalho ataca Tiago Ribeiro

Bruno de Carvalho ataca Tiago Ribeiro

Presidente leonino entende que o líder da SAD do Estoril "fala de mais", quando lembra a responsabilidade dos clubes que votaram em Mário Figueiredo

O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, comentou esta quarta-feira com cautela a decisão do Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol, de mandar repetir as eleições da Liga. À margem da apresentação da equipa de andebol, no Multidesportivo de Alvalade, voltou a pedir "dirigentes com consciência, verdade, rigor e modernidade" e criticou o presidente do Estoril, a quem acusou de "falar de mais".

Em declarações à Rádio Renascença, Tiago Ribeiro aludira, horas antes, à responsabilidade dos clubes que subscreveram e apoiaram Mário Figueiredo, eleito com os votos do Sporting, Paços de Ferreira, Boavista, Leixões, Farense, Santa Clara e Atlético. Bruno de Carvalho não gostou. Tiago Ribeiro "faz de tudo para surgir" e "fala de mais", acusou, pedindo para que, no assunto da Liga, "quem andou a brincar meta a mão na consciência".

Sobre a despenalização do castigo de 45 dias que lhe tinha sido imposto, o presidente do clube de Alvalade mostrou alguma curiosidade para saber "como vão ser resolvidos os 29 dias" em que esteve supenso.

O líder leonino desmentiu que Rojo e William Carvalho estejam de saída, mas não fechou a porta a novas entradas no plantel.