Bruno de Carvalho ataca FC Porto e Ghilas

Bruno de Carvalho ataca FC Porto e Ghilas

Presidente não gostou de ver o argelino no Dragão quando o Sporting tinha um direito de preferência.

Bruno de Carvalho voltou a lançar críticas ao FC Porto, com quem cortou relações, desta vez com Ghilas como pano de fundo. O presidente dos leões não gostou da forma como o argelino foi parar ao Dragão, quando o Sporting tinha direito de preferência.

"Havia um acordo de preferência do Sporting sobre o Ghilas. Esse acordo estava mal feito porque, primeiro, não contemplava qual era a preferência do jogador, e, segundo, não tinha o valor da cláusula da rescisão (três milhões de euros)", começou por dizer Bruno de Carvalho.

"Quisemos exercer esse direito e falar com o jogador. Mas quando o íamos fazer o jogador já tinha chegado a acordo com o FC Porto. Isto não é um acordo de preferência, nós tínhamos que ter sido informados, isto é má fé", continuou o líder leonino.

Bruno de Carvalho continuou a lançar farpas aos dragões e ao próprio jogador, sem esquecer o Moreirense. "Há grandes clubes que efetivamente o são. Há outros grandes clubes que têm alma de pequenos. Há clubes pequenos que têm alma de grandes e outros que nem sequer deviam existir. Não podemos aceitar que façam as coisas nas nossas costas e é por isso que achamos que devemos ter relações com alguns clubes e não com outros. É bom verificar que um jogador foi transferido por valor bem superior ao da cláusula da rescisão. Foi uma vergonha", acusou.