Barcelona é gigante em falta no menu de Bruno César

Barcelona é gigante em falta no menu de Bruno César

Em dois anos de Champions já marcou a Real Madrid, Borússia Dortmund e Juventus. Em Camp Nou, vai tentar a sorte frente a novo gigante.

Bruno César tem sido sinónimo de golos frente aos colossos do futebol europeu desde que ingressou no Sporting, a meio da temporada 2015/16, faltando-lhe apenas o Barcelona no lote de vítimas. De facto, entre os principais emblemas que os leões defrontaram nas duas últimas edições da fase de grupos da Liga dos Campeões, concretamente Real Madrid e Borússia Dortmund na época passada, Juventus e Barcelona na presente estação, só frente aos catalães é que o polivalente médio brasileiro não apontou qualquer golo.

É certo que sempre que o fez, os comandados de Jorge Jesus nunca conseguiram vencer. Foi assim frente ao Real Madrid, em Espanha, quando abriu o marcador na primeira parte, mas acabou por ver os merengues a dar a volta nos últimos minutos, tal como se verificou na receção aos alemães do Borússia Dortmund, que então vergaram os leões no José Alvalade por 2-1. Esta época, precisamente no regresso à titularidade, Bruno César apontou o golo que valeu o empate perante os campeões italianos, batendo o histórico guarda-redes da Juventus, Buffon. Falta somente o Barcelona, ainda que a oportunidade esteja reservada, em caso de utilização, para o fecho da fase de grupos da prova, no Camp Nou.

Até ao momento, Bruno César tem sido pouco utilizado, isto quando comparado com as solicitações de que foi alvo na última temporada. Na estação em curso, Bruno César conta apenas com 446 minutos de utilização, repartidos por 12 desafios, dos quais 99 foram em três jogos da Liga dos Campeões. Em 2016/17, Bruno César terminou a temporada com 2783 minutos de competição, isto em 42 jogos, repartidos por quatro provas, em que apontou dois golos. Refira-se que Bruno César tem contrato válido com o Sporting até 2020.