"As coincidências vão acontecendo"

"As coincidências vão acontecendo"

Presidente dos leões falou, a propósito da diferença de golos com o FC Porto que ditou a eliminação do Sporting, num golo em fora de jogo e num penálti de intensómetro...

"As coincidências vão acontecendo e as pessoas fingem que não se vê nada. O quarto golo no FC Porto-.Penafiel foi em fora de jogo. Agora, o Sporting estava apurado e a seguir acabou eliminado com uma grande penalidade daqueles que inventaram o intensómetro. Há um atraso horário no início do jogo, mas, por coincidência, não é no nosso. Enfim, tenho que dar os parabéns aos que dizem que não é preciso fazer nada no futebol...", disse, na noite deste sábado, Bruno de Carvalho, presidente do Sporting, depois da eliminação da sua equipa da Taça da Liga, como resultado da vitória (3-2) do FC Porto, no Dragão, perante o Marítimo.

Bruno de Carvalho teceu duras críticas ao "sistema", embora sem apontar nomes, reafirmando a necessidade de reformular o futebol português como defende o Sporting.

"Hoje verificaram-se daquelas coincidências que estão sempre a acontecer e isso faz com que as pessoas cometem que o futebol é algo que não se joga apenas nas quatro linhas. Quase quatro minutos após o nosso jogo é que começou o outro [FC Porto-Marítimo]. Os dois deveriam ter início à mesma hora, mas tal não aconteceu".

O presidente do Sporting revelou ainda, na sala de imprensa do Penafiel:

"Coincidência ou não, na reunião em que se falou na hora do jogo, o representante do Sporting garantiu desde logo que o nosso, em Penafiel, iria começar à hora, e isso confirmou-se. Ele adivinhou?... Não nos podemos render às evidências, as coisas têm que ser alteradas. Enfim, vamos esforçar-nos para que situações destas não aconteçam muito mais vezes".