Frederico Varandas e Maldini reuniram-se para discutir dívida de Rafael Leão

Rafael Leão, jogador do Milan

 foto AFP

Apesar de o antigo jogador dos Milan ter referido, em entrevista concedida à "Gazzetta dello Sport", que o Milan "nada tem a ver com o Sporting", os rossoneri tentaram baixar a indemnização devida pelo internacional português.

Frederico Varandas, presidente do Sporting, e Paolo Maldini, diretor-desportivo do Milan, estiveram reunidos nos últimos meses com o intuito de discutir a dívida de Rafael Leão ao Sporting, sabe O JOGO.

Apesar de o antigo jogador dos italianos ter referido, em entrevista concedida à "Gazzetta dello Sport", que o Milan "nada tem a ver com o Sporting", os rossoneri tentaram baixar a indemnização devida pelo internacional português, que ascende a 20 milhões de euros. Ao que o nosso jornal pôde apurar, o líder verde e branco, nesses dois encontros via conferência por plataforma digital, recusou a possibilidade de negociar esse montante.

A dívida de Leão tem sido um dos entraves à renovação de contrato do atacante português com o Milan, que pretendia baixar as exigências leoninas, e próprio jogador já salientou ao clube italiano a preocupação pelo valor que terá de pagar ao clube onde se formou pela rescisão unilateral após a invasão de Alcochete.

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAS), sediado na Suíça, considerou que o Lille, clube pelo qual Leão assinou ao rescindir com o Sporting, é responsável solidário pelo pagamento da indemnização ao Sporting. Por sua vez, o jogador de 23 anos vê, mensalmente, parte do vencimento penhorado para abater a dívida.