Franceses curiosos com sucesso de Rúben Amorim: "A primeira explicação..."

Rúben Amorim, treinador do Sporting

 foto Pedro Correia/Global Imagens

Rui Vitória foi questionado sobre o segredo para o sucesso do Sporting na atual temporada.

Líder do campeonato e a dois pontos do título de campeão, o Sporting tem protagonizado uma grande temporada e suscitado a atenção fora de Portugal. O jornal francês L'Équipe entrevistou Rui Vitória, treinador que, além de abordar a grande fase de Renato Sanches no Lille, explicou os motivos para o grande momento do clube leonino.

"A primeira explicação é que ele é um bom treinador. Depois, há a construção de uma equipa feita à sua imagem. Ele sabia muito bem o que queria e sabia como construir a equipa. E há esse vínculo muito forte entre o treinador e a estrutura, neste caso o presidente. As pessoas sentem isso, que todos estão trilhando o mesmo caminho e então tudo fica mais fácil", começou por dizer.

"O Rúben mostra uma grande personalidade e aproveitou muito bem os erros cometidos pelas outras equipas. O Benfica gastou energia na Europa, o FC Porto também, o Sporting aproveitou", continuou, destacando a forma como o 3-4-3 se revelou uma tática de sucesso. "Os bons resultados validaram esse esquema e esse esquema permitiu alcançar bons resultados", vincou.

"Não é uma equipa que foi sempre foi brilhante, mas está bem conectada, consistente. Acreditam a todo o momento que podem vencer, que vai correr bem. Grandes equipas são as que nem sempre se preocupam em fazer grandes partidas, mas que sabem ser muito pragmáticas. Pessoalmente, gosto quando a minha equipa é desinibida, leve, ataca a competição de forma positiva. Ter uma equipa à vontade em campo é um verdadeiro prazer como treinador. E também é um prazer ver que a equipa está confortável a defender Ver essa alegria, esse prazer com e sem bola, é a satisfação de um treinador", completou.