Everton rejeitou ceder e Virgínia despede-se do Sporting em definitivo

Virgínia esteve na sombra de Adán em 2021/22

 foto Filipe Amorim/Global Imagens

Sporting tentou baixar os cinco milhões de euros definidos para uma contratação.

João Virgínia despediu-se do Sporting em definitivo, numa altura em que o empréstimo do guardião aos leões termina e não será renovado. Nas últimas semanas, o Sporting procurou negociar com o Everton, clube com o qual o internacional sub-21 português tem vínculo até 2024, os cinco milhões de euros definidos pelas partes para uma contratação em definitivo pelo emblema de Alvalade.

Como O JOGO já apontara, estava agendada para esta semana uma nova ronda negocial, a qual culminou com o encerramento das conversas dado que o Everton rejeitou descer a fasquia dos cinco milhões, valor inaceitável para os leões.

Virgínia sai, assim, de Alvalade com uma utilização muito abaixo das expectativas iniciais: jogou 709 minutos e nunca saiu da sombra de Adán. Já de férias, o guardião aguarda por decisões sobre o seu futuro, que podem passar por ficar nos toffees, uma transferência para um clube onde tenha mais espaço para jogar ou um novo empréstimo, mas aí após renovação.