Amorim: "Quando acabam estes jogos, temos a sensação de que falta um bocadinho mais"

Amorim: "Quando acabam estes jogos, temos a sensação de que falta um bocadinho mais"

Declarações do treinador do Sporting em reação à derrota frente ao Dortmund, em jogo da segunda jornada do grupo C da Liga dos Campeões, esta terça-feira

Sabor amargo: "Penso que sim. Arriscamos mais no fim, depois dum resultado anormal na primeira jornada [1-5, Ajax], tivemos um bom comportamento, mas podíamos ser melhores. Podíamos ter marcado logo no início, tivemos oportunidades em certas saídas que podíamos ter tido outra capacidade. Não posso apontar nada aos jogadores. Trabalharam muito, cumpriram o plano de jogo. Falta-nos peso nesta competição, a experiencia, vamos ganhar no futuro."

Ganhar uma equipa: "Não chega e sabemos disso. Temos um longo caminho a percorrer. Temos que estar nas competições europeias para ganhar experiencia, ganhar dinheiro e não vender melhores jogadores. Temos que ter muita paciência e calma porque vai demorar tempo. Mude-se o treinador ou não. Olhando para as equipas portuguesas, principalmente o Sporting, não chega. Quando acabam estes jogos, temos a sensação de que falta um bocadinho mais. Temos muito para construir. Empatando aqui, não seriamos uma melhor equipa. Nem tudo esteve mal com o Ajax, nem agora. Parabéns aos jogadores que fizeram um excelente jogo."

Contas no grupo: "Fazer contas? Nem por isso. Não estamos nesse momento como clube e equipa. Queremos competir, ganhar o próximo jogo, como sempre, provamos aqui isso, como vamos provar em Lisboa. Sabemos que as outras equipas têm mais experiência, mas vamos apanhar o ritmo."

Apoio dos adeptos: "Têm sido um exemplo, ajudam-nos em todos jogos. Tiveram em grande peso [em Dortmund]. A nossa preocupação é demonstrar a equipa que somos e que os adeptos tenham orgulho em ser sportinguistas."