"Ainda não vi quem fizesse mais que nós"

"Ainda não vi quem fizesse mais que nós"

Treinador do Sporting elogiou, mais uma vez, a qualidade e a combatividade da sua equipa e até recordou aquilo que se dizia dele há cinco ou seis meses...

Embora não assumindo a candidatura ao título, o treinador do Sporting considera normal a sua equipa estar na frente do campeonato, face ao FC Porto e ao Benfica, depois de analisar o que se tem passado na I Liga.

"Sabíamos que este jogo tinha um grau de dificuldades elevado, mas o Sporting foi capaz de entrar bem e forte, conseguindo adiantar-se no marcador. Seguiu-se um período de equilíbrio, por mérito do Gil Vicente, uma equipa organizada e com jogadores rápidos, obrigando-nos a ter cautelas. Na segunda parte, depois da expulsão do jogador adversário foi possível expressar a nossa superioridade. A equipa teve bons momentos, vestiu o fato de macaco, como costuma dizer-se, e houve momentos em que o adversário esteve bem e nós tivemos que contrariá-lo", palavras de Leonardo Jardim, depois do triunfo do Sporting, por 2-0, em Barcelos, frente ao Gil Vicente.

Em relação à liderança da I Liga, face ao FC Porto e ao Benfica:

"Neste momento, a nossa intenção e ambição é ser competente, tentar ganhar os jogos e ter esta ideia de qualidade e de combatividade, como referimos aos nossos adeptos no início da época. Mas isso não inviabiliza estar à frente do campeonato, como agora, por mérito destes jogadores. Não vejo equipa que fizesse mais do que estes jogadores para estar à frente".

Leonardo Jardim, ainda a propósito do título, até recordou:

"Não podemos limitar o que os outros pensam de nós. Aliás, hoje fiz uma análise daquilo que comentavam sobre o Sporting há cinco ou seis meses e reparei que falavam que ia ter grandes dificuldades, que o trabalho dos treinadores não era fácil no clube, entre outras considerações. Hoje, a verdade é que ultrapassámos essas ideias pré-concebidas, com jogador portugueses, e não só, jovens e ambiciosos. O grupo está a ter uma boa resposta, como tem vindo a demonstrar".