A declaração de Varandas antes de entrar no Hospital das Forças Armadas

A declaração de Varandas antes de entrar no Hospital das Forças Armadas
Hugo Monteiro

Tópicos

Presidente do Sporting vai ajudar na luta contra a pandemia da Covid-19.

Frederico Varandas chegou na manhã desta terça-feira ao Hospital das Forças Armadas, para ajudar no combate à pandemia de Covid-19. O presidente do Sporting deixou uma curta declaração à TVI.

"Vou fazer o meu melhor pelos portugueses e por Portugal. É essa a minha missão", afirmou Varandas. "Vivemos uma situação extraordinária. Portugal tem pela frente um dos maiores desafios da história recente. Todos somos poucos. É um momento inédito na história da democracia", completou.

NÃO SAIA DE CASA, LEIA O JOGO NO E-PAPER. CUIDE DE SI, CUIDE DE TODOS

Varandas foi um dos militares na reserva notificado para voltar ao serviço devido à pandemia de Covid-19, revelou na segunda-feira a agência de notícias Lusa, citando o Ministério da Defesa. Uma informação que não coincidia com o que o presidente leonino afirmou, através do Instagram, na quinta-feira, onde escrevera estar disponível para voltar a "servir" Portugal enquanto vigorar o estado de emergência decretado perante a pandemia de Covid-19. O caso levou mesmo o Sporting a explicar a situação.